A gramática de Fernão de Oliveira: anotações críticas sobre a edição de uma obra do final da Idade Média portuguesa


Abstract


Estudos sobre a Grammatica da lingoagem portuguesa, de Fernão de Oliveira (1536), foram tema de duas pesquisas de Iniciação Científica realizadas na Universidade Federal da Bahia. Em 2012, desenvolveu-se a primeira investigação, que consistiu em comparar a edição princeps com a versão crítica de Torres e Assunção (2000), com o intuito de verificar em que ponto se aproximavam e em que ponto se distanciavam. Adotaram-se as seguintes questões no cotejo: problemas de leitura, supressão e adição de vocábulos, não adoção de critérios de edição. Tendo em vista os problemas encontrados, resolveu-se comparar também a edição semidiplomática dos mesmos autores, em uma nova pesquisa, realizada em 2013. Obviamente, adotaram-se as mesmas questões da pesquisa anterior. Este artigo apresenta os resultados alcançados durante as duas investigações. De antemão pode-se apontar que foram identificados, nas edições observadas, supressão e adição de vocábulos, salto bordão, além da não adoção de muitos critérios editorais. Os resultados das pesquisas podem contribuir para a fortunacrítica de tão importante obra inaugural da metalinguagem portuguesa.

Keywords: Filologia; edições; Grammatica da lingoagem portuguesa; Fernão de Oliveira

Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribuzione - Non commerciale - Non opere derivate 3.0 Italia License.