O 'campo das cores' no dicionário histórico do português do brasil (sécs. XVI-XVIII)


Abstract


Neste artigo é apresentada uma amostra preliminar de uma investigação em curso sobre os nomes das cores ('cromónimos') e do 'campo das cores' no DHPB − Dicionário Histórico do Português do Brasil (séculos XVI-XVIII). A partir do Banco de Textos do DHPB, corpus que reúne documentos do período colonial no Brasil, realizou-se um levantamento de alguns nomes de cores atestados nessa base de dados mas também de muitas expressões ou combinações sintagmáticas por meio das quais são nomeados e descritos vários matizes cromáticos. Embora nos últimos anos se tenham registado estudos sobre o campo das cores na língua portuguesa, quer de um ponto de vista diacrónico, que de um ponto de vista sincrónico, o presente trabalho tem a originalidade de assentar num recorte de três séculos relevantes para a história do português e brasileiro. Por outro lado, a inclusão de muitos matizes ou gradações de várias cores, e não apenas dos cromónimos diretos, decorre do facto de ser necessário descrever realidades ou referentes desconhecidos a partir daquilo que o olhar europeu desconhecia ou conhecia mal. Daí o recurso a aproximações, comparações inusitadas que, visando pintar os referentes brasileiros − principalmente os animais e as plantas − perante os olhos dos europeus, revelam uma enorme criatividade linguística. Este é, na verdade, um dos grandes contributos do Banco de Textos do DHPB para o estudo dos nomes das cores, em português, entre os séculos XVI e XVIII.

Keywords: Cromónimos; campo das cores; Dicionário Histórico; Língua Portuguesa; séculos XVI-XVIII

Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribuzione - Non commerciale - Non opere derivate 3.0 Italia License.